Oops! Resenha: Desencantada

Todo ano Carina Rissi publica algum livro que mexe com a gente, e isso é fato. No final de Fevereiro fomos agraciados com o quinto volume da Série “Perdida”, que conta a história da não tão amada Valentina. Mas os fãs da autora deixaram de lado esse ranço pela protagonista para poder matar a saudade dos personagens tão amados por todos.

Escrever sobre um livro da Carina é uma batalha para mim, pois parece que cada palavra escrita soará 100% fanática, já que ela é uma das minhas autoras favoritas. Por isso eu estou tentando ser o mais imparcial possível para que esse meu amor não se deixe falar pela razão.

Para falarmos sobre a Valentina, temos que voltar ao primeiro livro da série, lançado em 2013. No livro nós conhecemos a Sofia, uma mulher com uma vida normal, aqui no século XXI. Após deixar o seu celular cair no banheiro de um bar, Sofia conhece uma vendedora misteriosa que a oferece um novo aparelho, que acaba sendo uma máquina do tempo e que a leva de volta para o século XIX.

Nisso você já consegue imaginar na aventura e na confusão que será para uma jovem completamente moderna, voltar para o tempo onde não havia carros e muito menos papel higiênico. Sofia acaba conhecendo Ian Clarke (o maior crush literário de todos os tempos) e eles iniciam um romance, mas tem uma menina (porque na época era menina), amiga de Eliza – a irmã de Ian – que parece ser a esposa perfeita para o Sr.Clarke e essa ilusão faz com que os fãs não se sintam muito atraídos por ela.

Portanto, nos primeiros livros não há uma só alma que goste da Valentina porque a vemos como uma rival da Sofia.

Mas deixando essas bobeiras para lá, começamos a perceber que Valentina ainda tinha muito para nos mostrar no quarto livro da série, quando nos é contado a história de Eliza.

Após a morte da mãe, Valentina vai morar no litoral do país com o seu pai, sua madrasta e seu irmão, bem afastada do lugar onde cresceu. Desolada com a morte da mãe e sendo obrigada a conviver com a madrasta, ela se vê deprimida, tendo como melhor companhia o cachorro Manteiga. Podemos ver que ela amadureceu muito, comparada aos primeiros livros, e mesmo que seja ingênua para muitas coisas, ela não mede esforços para alcançar os seus objetivos.

Disposta a comprar um presente para seu pai, Valentina vai até um armazém onde acaba conhecendo o Capitão Leon Navas, um espanhol completamente petulante (e encantador) que a tira do sério. Os dois passam por muitas coisas juntos e Leon prova que veio para mexer com as nossas estruturas, principalmente quando se trata da sua preocupação com a Valentina.

A mesma passa por muitas coisas e prova para nós e para si mesma que é uma mulher extremamente forte, que consegue se colocar para cima mesmo que o mundo ao seu redor esteja ruindo. Como todas as outras protagonistas da Carina, Valentina mostra que, mesmo com um interesse amoroso, ela é suficiente estando sozinha, ela mesma pode ser a sua ancora.

E, novamente, igual a todas as outras protagonistas, Valentina consegue ser tão atrapalhada que te faz rir a maior parte do livro. Você não sabe se sente uma vergonha alheia por tudo o que está acontecendo, ou se sente pena da pobre coitada, já que ela consegue se meter em algumas confusões que só podem ser encontradas nos livros da Carina.

Captura de Tela (223).png
Foto Retirada do Instagram da autora (@carinarissi)

Não vou dizer que Desencantada é o melhor livro da série porque seria mentira, já que acho impossível escolher entre qualquer livro da Carina. Mas o livro é incrível e te arranca várias emoções.

Vale lembrar que não é necessário ler os outros livros da série para poder compreender Desencantada – mesmo que seja recomendado para que você consiga captar as referencias.

Como os outros livros da Carina, Desencantada merece todo o reconhecimento do mundo e deveria ser lido por todos, principalmente para tirar a visão errada que temos da protagonista. Mais uma vez, a autora acertou em cheio e com toda a certeza, trouxe muita alegria para os seus fãs.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

Retradução

impressões tradutórias e literárias de uma Rêtradutora

Um Palpite

Palpites, conteúdo criativo e informações.

Oops!

Livros e Filmes com uma pitada de crítica

%d blogueiros gostam disto: