Colossal – Resenha

Colossal (2016) é um daqueles filmes cheios de reviravoltas surpreendentes que te prende do começo ao fim.

O filme tem uma pegada indie e conta com um elenco de peso, temos a vencedora do Oscar, Anne Hathaway interpretando a protagonista, Gloria, o ator Jason Sudeikis interpretando Oscar e Dan Stevens interpretando o personagem Tim.

colossal 1

Colossal retrata a história de Gloria, que após alguns problemas com bebidas, é expulsa da casa de seu ex-namorado, Tim, em Nova Iorque. Sem ter para onde ir, ela volta para a sua cidade natal e acaba reencontrando seu amigo de infância, Oscar, que lhe oferece um emprego.

Tudo parece estar dando certo, até que em uma manhã, voltando para casa, após uma longa noite de “bebedeira”, Gloria percebe que está ligada a um monstro que esta atacando Seul, na Coréia do Sul.

colossal 6.gif

A partir dai vemos Gloria contendo seus impulsos e começando a agir de forma mais responsável, o que acaba sendo o foco do filme. Se pararmos para analisar, há uma grande metáfora por trás desse longa, já que temos uma protagonista alcoólatra que controla um monstro, inconscientemente, que destrói tudo por onde passa.

anne.gif

Alguns personagens se provam completamente o contrário daquilo que esperávamos, desta forma, todas as primeiras impressões são desfeitas e acabamos conhecendo-os realmente ao longo do filme. Essas mudanças nas personalidades acabam sendo bem importantes para o amadurecimento de Gloria.

Infelizmente o filme não foi 100% aproveitado, ao terminarmos de assistir percebemos que falta alguma coisa. Colossal poderia ter sido melhor desenvolvido, desta forma a história teria sido bem mais aceita e teríamos terminado o filme com a mão no peito dizendo “senti o impacto”.

colossal 5

Mas, ainda assim, temos um show de atuação e de entrega aos personagens. Vemos um belo exemplo de personalidade feminina em Gloria, que passa por dilemas que estão presentes na nossa vida. E não posso deixar de falar da atuação incrível de Jason, foi a primeira vez que eu o vejo interpretar um personagem sério e fiquei surpresa com esse seu lado não tão conhecido.

Colossal é um daqueles filmes para ser ver com a família em uma tarde chuvosa.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s