Pare um minuto! Precisamos Falar Sobre Dear White People – Oops!

Que a Netflix sabe fazer séries boas a gente sabe, mas esse ano ela veio com tudo. Principalmente com séries que nos fazem refletir sobre assuntos sérios que temos que enfrentar na nossa sociedade atual.

O tema da série está bem explícito no seu nome e no trailer: Cara gente branca. Mas calma aí! A série não é apenas para negros ou brancos, a série é para todos.
Capture+_2017-04-29-13-59-32.png
A trama se passa nos dias atuais, e sim, ainda há racismo. Inacreditável não é? Na era da tecnologia onde tudo melhora, o ser humano estacou no tempo, onde ele não regride e muito menos evolui. Em 2017, ano em que nossos antepassados acreditavam que todos esses problemas já teriam sido resolvidos, ainda temos que lidar com o famoso preconceito racial.
Na série, temos um grupo de ativistas negros que lutam para serem vistos como iguais na faculdade, que insiste em mascarar as questões raciais tão explícitas que ocorrem no dia a dia. O preconceito já começa quando os alunos negros são obrigados a morar na mesma “casa” só por serem da mesma etnia. Enquanto os alunos brancos podiam escolher para qual queriam ir.
Sabe o que é o mais irônico da série? O reitor da faculdade, um homem negro, não gosta de lidar com o preconceito que há no campus.
Em Dear White People, podemos ver o racismo em diferentes perspectivas, em diferentes histórias e como cada um lida com ele.
Mas vale lembrar que o racismo não é só com negros, racismo é com qualquer raça e vemos isso quando Sam, a protagonista, começa a namorar um homem branco. Anos de opressão e preconceito fazem as pessoas generalizarem o seu opressor, e ali, na série, todas as pessoas brancas são meio que vistas como vilãs, mas não é bem assim. E ao mesmo tempo que a série mostra essa visão, ela nos mostra como é difícil para o Gabe lidar com esse preconceito por ele ser branco.
Capture+_2017-04-29-13-58-29.png
É minha gente, isso também existe. Para mim, qualquer tipo de preconceito é ridículo, Deus me livre se todos fôssemos iguais. E negros que julgam brancos só por serem brancos são racistas sim! Julgar asiáticos por serem asiáticos também! Índios por serem índios. Negros por serem negros. Racismo é racismo, ponto final.
Voltando ao enredo da série, Sam tem um programa no rádio chamado Cara Gente Branca, onde ela mostra como os alunos brancos são privilegiados. Porém, ela só foi levada a sério quando uma festa de Halloween aconteceu, e as “fantasias” eram “de negros”. Sim, você leu certo.
festa.jpg
A partir dessa festa, os jovens começam a lutar por seu espaço, mesmo com as tentativas diversas de outros alunos (brancos) de dizer que o racismo não existe e fazendo de tudo para que eles parassem de “frescura”.
Para você ver como o assunto é sério, antes mesmo de a série estrear, houve clientes que se sentiram ofendidos porque para eles, é uma série anti-brancos, e cancelaram a assinatura da Netflix. Realmente, eu não sei o que eu digo sobre isso.
O mais incrível é que a série tem um ar de comédia que deixa tudo mais divertido, mas não se engane, isso não significa que o assunto é tratado de forma mais leve. Dear White People é uma adaptação do filme com o mesmo nome, e dá uma “continuação” para os acontecimentos do longa.
source.gif
Essa série se tornou uma das minhas favoritas logo no primeiro episódio. E eu espero, de coração, que ela tenha o mesmo impacto que 13 Reasons Why, e que haja uma discussão entre as pessoas sobre o tema, e como a sociedade insiste em dizer que ele não existe.
Se você estiver mais curioso sobre o assunto, tem youtubers maravilhosas que falam sobre ser negro nos seus vídeos. E não, os vídeos delas não são apenas para pessoas negras, mas para todos que tiverem curiosidade de saber mais sobre certos assuntos de questões raciais. Eu irei deixar alguns links por aqui caso sintam curiosidade.
Afros e Afins   (#YoutubeNegro)      Gabi Oliveira          Neggata     Afrontay
Por favor, assista a essa série, discuta, procure saber mais sobre o assunto. Nós não podemos ficar calados diante desse mundo opressor.
O espaçamento entre as linhas não está se formando, resolveremos esse problema em breve.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s