Oops! Resenha- Série Crossfire

Uma série de livros eróticos bem famosa que você, com certeza, já deve ter visto.


A série conta a história de Eva Tramell, que acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agencias de publicidade dos EUA. Lá, ela conhece Gideon Cross, o dono da empresa.

Você já deve ter ouvido falar em várias histórias assim, não é mesmo?

A relação da Eva com o Gideon é muito confusa – pelo menos para mim – e ela só piora a cada livro. Quando você acha que eles vão se acertar, alguma coisa acontece e lá vão eles novamente, voltando ao início de tudo. Para piorar, cada um tem problemas serissimos do passado que ficam vindo à tona. Aquela coisa de deixar o passado para trás não acontece nesses livros. #desapega
Eu gostei dos livros, porém muitas coisas me desapontaram (muitas mesmo). A principal delas foi o sexo. Sim, eu sei que é uma série de livros eróticos! Mas, parece que os personagens só se resolvem na cama. Eu fiz uma pequena pesquisa com amigas que leram esses livros, e a maioria desistiu nos primeiros por causa do exagero das cenas de sexo. Nada contra, mas eles não precisam estar falando de sexo toda hora para o livro ser considerado erótico.

Surpreendentemente, dessa vez eu não me vi caindo de amores pelo mocinho (se é que ele pode ser considerado um). Gideon não me agradou em absolutamente nada. Nos 5 livros eu fiquei esçerando que ele demonstrasse ações mais humanas que me fizessem gostar um pouco dele, porém eu só fui acumulando pontos negativos.

Esse, como muitos outros livros, mostra um personagem masculino com atitudes totalmente possessivas, porém eles ganham um ar mais leve e romântico. Mas não, isso não é romântico! É doentil! Por favor, parem de ver essas ações como algo normal, porque não é!

Eu passei os 5 livros me perguntado como a Eva deixava isso acontecer. Ela, que se diz independente, deixando que o namorado colocasse seguranças para segui-la e que reclama se ela pegasse um táxi sem ele saber. Um táxi!

Vi algumas meninas dizendo que queriam ter um Gideon na vida delas. Queriam mesmo? Vocês queriam um homem que coloca pessoas para segui-la? Um homem que sabe de cada passo que você dá, sem que você tenha contado?

Isso não é romântico galera, não se iludam.

Mas a história é boa, se não fosse, não seria um best seller da New York Times. Porém, ela deixou a desejar, pelo menos para mim. Talvez, se você ler, não irá concordar com a maioria das coisas que eu disse. Mas aí que está a graça, se todos nós concordarmos com tudo, o mundo seria muito mais chato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s