Pare um minuto, vamos falar de Sons de Ferrugem & Ecos de Borboleta

Ei você! Pare um minuto, sente aqui, se achegue um pouco. Por acaso já ouviu falar na história Sons de Ferrugem & Ecos de Borboletas da autora Mima Pumpkin?

sons

Eu não pretendia escrever essa espécie de resenha sobre esse livro. Tudo começou quando eu postei o TOP 8- 8 HISTÓRIAS DE FICÇÃO ADOLESCENTE DO WATTPAD e a autora o citou no Twitter dizendo que gostaria de um dia, ver a sua história em uma listinha como aquela. E eu, como não tenho vida social, vi o tweet e em poucos segundos já estava pedindo o link para conhecer a história. Eu adoro quando coisas desse tipo acontece, digo, conhecer histórias pelo acaso!

E logo eu comecei a ler aquela história com um título intrigante, que a autora revela ter dado pois gosta de sinestesia e o que eu, particularmente, achei incrivelmente inovador. Não demorei nem dois dias para terminar de ler, ela é curtinha mas muito reflexiva. Até deixei umas lágrimas caírem em alguns momentos, admito, eu sou um pouco sensível.

A história conta sobre Liesel e a sua paixão pelo cantor Leo Adrian. Paixão? Não sei dizer se esse é o termo correto. Amor, fixação ou fanatismo são mais aptos. Em momentos eu entendo a personagem, quem nunca sonhou em se envolver romanticamente com um cantor favorito? Mas a missão dela é fazê-lo amá-la. Ser aquela fã que ele olhou por mais de alguns segundos, ser alguém na multidão.

E ela vê a sua oportunidade quando ele vem com a turnê para o Brasil. Mas o universo sempre estará aqui para pregar peças com as pessoas, e bem, posso dizer que o objetivo não é concluído na primeira brecha.

Eu não vou contar mais sobre a história porque eu acho que vocês deveriam conhece-las. Por isso eu fiz esse post! Existem muitas histórias no mundo, de todos os gêneros e com enredos inimagináveis, histórias que marcam as pessoas e deixam uma lição de vida. Histórias de auto aceitação e de lutas vencidas. Sempre haverão histórias.

E tem histórias que o mundo precisa conhecer, e essa é uma delas. São histórias que podem mudar, nem que seja um pouco, da sua percepção do mundo.

E, isso aconteceu comigo. Como mudar a minha percepção do mundo? Vivendo! Temos que aproveitar o que nós temos, parar um tempinho para refletir e agradecer por tuuudo isso. Porque se você não aproveitar a vida, o que você vai ter para relembrar quando estiver velhinho? Decepções? Mágoas? Rancores? Sua vidinha monótona e sem graça? Coisas que não fez e irá se arrepender?

Eu vi em cada capítulo uma lição de vida, um choque de realidade, um tapa na cara. Nem que seja em uma pequena frase, ou um parágrafo. Elas estavam lá, me mostrando a realidade. Algo que eu absorvi do livro e levarei para minha vida é o dom do perdão. Perdoar as pessoas é vê-las livres, pois enquanto aquele rancor, a mágoa estiver ali com você, você estará preso a essa pessoa.

Outra coisa que me fez ficar apaixonada pela história, foi a música. Como Liesel, eu amo música, vivo dela! Eu acho que a música muda o mundo, ela mexe com a gente e nos faz se sentir vivos. Vivos! Não é essa a questão de tudo? Viver?

Diferente de Liesel, eu não tenho aquele preconceito musical. Eu não gosto de gêneros. Ouço de tudo! Existe tanta música boa no mundo, mas as pessoas não conhecem só porque não são do gênero favorito dela. Eu estou de portas abertas para ouvir todos os ritmos. É isso que me move. Ritmo!

Esse preconceito musical me deixa triste, porque se privar de ouvir músicas incríveis só porque elas não fazem seu estilo, ou quem sabe, só porque as pessoas ao seu redor não aprovam. Até quando você vai se importar com o que os outros pensam?

Sai um pouco do contexto porque eu precisava falar isso. Estava entalado aqui, sabe? E eu acho que já falei demais. Tenho que deixar vocês decidirem o que acham da história, talvez, ela não tenha o mesmo efeito em vocês.

Espero que tenha, de verdade, nós precisamos disso. Ainda colocarei essa história em um TOP 8, e espero que o mais breve possível. E para autora, meus sinceros parabéns. Sua história é incrível, e a forma que você escreve também! O mundo ainda vai conhecer essa história, eu tenho fé nisso!

 harry-gif
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s