OOPS! TOP 8- 8 HISTÓRIAS DE FICÇÃO ADOLESCENTE DO WATTPAD (Parte 2)

Todos sabemos que podemos encontrar histórias incríveis no Wattpad. Por isso fica super difícil fazer uma única lista para indicá-las para vocês, e é por isso que eu venho aqui com as melhores histórias de ficção adolescente parte 2.

1-Querido Bebê

querido

No terceiro ano do ensino médio, Isabela tinha grandes planos para sua vida… até que descobriu que estava grávida e tudo mudou. Como forma de lidar com os novos dramas, ela passa a escrever cartas ao bebê em sua barriga e publicá-las em um blog (Querido Bebê), que acaba ganhando mais sucesso do que o esperado. Conforme a popularidade de Querido Bebê cresce, Isabela acostuma-se a compartilhar a sua nova vida com alguns milhares de pessoas.

Quem já viu alguma das outras listas, sabe que eu tenho um carinho enorme pelas histórias da Julia. E Querido Bebê não poderia faltar. Nós sempre encontramos histórias de mulheres que tiveram filhos jovens, mas não estamos acostumados em ver uma pessoa tão jovem assim. E me impressiona a facilidade que ela tem de transformar um assunto sério em um romance. Ela mostra ali as complicações e preconceitos que uma adolescente sofre com uma gravidez, e certos momentos te dão um tapa na cara. Vale muito a pena conhecer essa história!

2-Alice e o Raio.

raio

Qual a probabilidade de um raio cair duas vezes no mesmo lugar? No meio da tempestade que se instalava dentro de Alice, algo aconteceu. Algo que ela chamava de raio, porque era o que ele tinha medo. E ele se chamava Caleb, porque era o motivo do seu vendaval.”Não pode ser coincidência, certo? Quer dizer, nós temos a mesma quantidade de letras no nome. Isso foi totalmente o destino que fez nossas mães escolherem meticulosamente nossos nomes quando nascemos. Total. Obra. Do. Destino. Tenho absoluta certeza.”

Podemos dizer que essa história é um Spin-off de outra que citei aqui anteriormente, e bem, ela é um amorzinho. Quando você lê o título, creio eu, que automaticamente pensa em um raio o fenômeno da natureza… bem, até que ele aprece na história, mas o raio em questão é Caleb. Também conhecido como a perdição em forma de gente. Por isso você deve tirar um tempinho para conhecê-lo e se apaixonar.

3-Cassie Tem Um Novo Admirador Secreto

cassie-tem

Na semana do dia dos namorados, Cassie recebeu uma mensagem romântica anônima através do programa de rádio da sua universidade. A mensagem se resumia a algumas coisas que ela deveria fazer para ter o telefone da pessoa e poder entrar em contato, a fim de ter uma companhia para o dia dos namorados – uma chance que Cassie não poderia desperdiçar, era o que dizia.

Qualquer outra garota na situação de Cassie – solteira e sem perspectiva de vida romântica até o momento – ficaria empolgada com a possibilidade de ter um acompanhante para o dia mais dramático do ano, que seria no final de semana. Mas Cassie não é como qualquer outra garota. Ela tem um histórico, e esse histórico inclui a presença de um stalker que a perturbou por um bom tempo. E essa mensagem anônima a deixou apavorada com a possibilidade de que talvez ele possa ter voltado para a sua vida, e dessa vez na intenção de ficar.

Assim, Cassie vai atrás da única pessoa que pode ajudá-la a descobrir quem seu admirador secreto é de verdade, antes que ela precise cumprir todos os passos que ele pediu e encará-lo, coisa que pode acabar sendo perturbadoramente fatal para ela.

Tudo o que muita gente quer é um namorado, principalmente para passar juntinho no dia dos apaixonados. Até aí tudo bem, é super comum. O problema é que Cassie já teve problemas com um desconhecido e não quer se arriscar com esse tal de admirador secreto. Por que quedas d’água ele não se revela, e por que tem que ter todas aquelas coisas só para conseguir  o telefone do sujeito. Se você ficou curioso, vá lá ler a história. Porque de mim, essas serão todas as informações que vocês conseguirão.

4-Marshall & Mason

marshall

Embora dividissem a mesma turma, Marshall e Mason nunca haviam se falado. Ele a achava uma perdedora paranoica, enquanto ela o achava um desperdício de matéria orgânica.

Então, certo dia, durante um desencontro, um acaba tropeçando na vida do outro, criando uma amizade nascida da adversidade e cultivada na esperança de algo mais.

2920 dias depois da primeira vez que se conheceram, Marshall é uma jornalista prestigiada numa editora famosa. Mason está perdido na imensidão do mundo.

Será que o destino, mais uma vez, conseguirá juntar esse par ímpar?

Típica história da nerd e do popular? Sim e não.

Sim, porque tem aquela fase de que os dois nem se falam e nem tem interesse um no outro, cada um está preso no seu mundinho e estão lá, felizes da vida sem se importar um com o outro. Depois, por um acaso do destino, viram “amigos” e aí a história de desenrola.

Não, porque a autora é incrível e a forma que a história é postada e como os personagens se expressam faz sumir todo aquele preconceito inicial com o típico casal nerd x popular. Mas como eu li em algum lugar, se tem várias histórias com o mesmo gênero, é porque ele faz sucesso. Sendo assim, vá lá conhecer essa história linda.

5-Os Afogados

afogados

A República do Brasileirinho está prestes a acolher uma nova moradora. Será que cabe? O brasileirinho já anda tão superlotado com os videogames de Dado, a coleção de gibis de Caíque, os livros de poesia e os pacotes de doces que Soraia anda estocando para necessidades maiores. Claro que Ícaro não precisa ser mencionado,- com todas suas ficantes semanais – quase nunca tá em casa, mas, em compensação… Deixou sua pitbull, Lua, para bagunçar ainda mais a república por ele,  destruindo toda e qualquer sandália que vê pela frente. Para dar um jeito nesses quatro (e meio), só a Tia Eddie mesmo. Fugida de Belo Horizonte, – ninguém sabe o porquê – Céu acaba de atracar em Santa Monique, só que, tem um pequeno problema, não foi por um quarto dividido dentro de uma república que Céu fechou negócio por email. Na verdade, o preço pago era pra uma suíte com vista pro mar. É, pelo visto, alguém foi enganada e chegou com má sorte… Aliás, má sorte é o que todos em Santa Monique têm, principalmente os jovens que frequentam a Praia do Havaízinho, carregando suas desventuras, corações partidos e sonhos destroçados. Sem drama, isso é normal, não é? Afinal, somos jovens e todos nós estamos afogados em alguma coisa. Que a guerra na república comece! Aí vem a tsunami Céu, e a julgar pela personalidade forte, alguém vai acabar se afogando.

Uma típica história brasileira. Céu é claramente enganada ao alugar uma suíte com vista pro mar, mas receber um quarto em uma república que só tem gente maluca. Fugida de Belo Horizonte, sem dizer o real motivo, ela tem que se contentar a viver com vários desconhecidos e  como sua personalidade é meio de escorpiana, a praia de Santa Monique vai ficar mais quente ainda com a chegada dessa nova moradora!

6-Sobrevivendo ao Ensino Médio

sobrevivendo

Abby achava que o Ensino Médio poderia ser interessante. Quero dizer, ela já havia assistido aqueles filmes adolescente onde tudo de mais incrível acontecia nessa época da vida, além de ter ouvido sua irmã Audy contar um milhão de vezes o quanto estar no ensino médio era "super legal". Não podia ser ruim, certo? Errado.  Após ingressar o ano letivo, não demorou para Abby perceber que usar o uniforme verde do colégio Dawnson que mais a fazia parecer um vagalume fluorescente às seis e meia da manhã era o menor de seus problemas. Entre trabalhos com prazo mínimo de entrega, garotos afundando a cabeça dos outros na lixeira do pátio, o lanche ruim da cantina e professores que pareciam ter ganhado passe livre pra triplicar a matéria, ela achou que as coisas não poderiam piorar. E não tinham como. Bom, pelo menos até seus pais decidirem que ir embora para São Paulo fosse uma boa ideia.    Quando dois garotos da nova escola começam a perturbá-la, Abby não consegue simplesmente ficar quieta e ignorar. Com a ajuda de Hiroshi, o garoto oriental calado cheio de segredos, e de Thomas, o garoto que só dorme na aula de inglês, os três começam uma sequência de acerto de contas em massa para os dois provarem do próprio veneno. A única coisa que a garota jamais poderia imaginar era que as coisas poderiam ir longe demais.   Ah…o ensino médio… O que podemos dizer desse período de três anos (mais para alguns, não sei) que são o pesadelo de vários alunos. Aquela época em que você tem que tentar se organizar, tem o primeiro emprego, o ENEM, a faculdade e os hormônios chatos de adolescentes. Conciliar tudo isso com todas as matérias escolares e com os professores é uma atividade difícil.

Eu comecei a ler a história quando eu estava começando o meu primeiro ano no ensino médio, por isso me identifiquei muito. A personagem sofre tanto quanto qualquer um, e eu dei várias risadas, até recomendei para as minhas amigas que também se identificaram. Para pessoas como eu e a Abby que não são de ter muitos amigos, a escola pode ser bem cruel. E como ela, eu estava botando muita fé nesse meu período escolar… mas o ensino médio está sempre aqui para acabar com os sonhos das pessoas.

Você irá gostar dessa história, com certeza, em algum momento, ela irá retratar algo que você já passou, ou passará, na vida.

7-Por que não?

por-que-nao

(sem sinopse)

Amo muito essa história de amor e ódio de Maria Luíza e Guilherme. Quantas vezes eu já ri com esses dois? É incrivelmente perturbadora a relação que eles tem, e não é surpresa se um dia eles estiverem aos beijos (ops) e no outro estiverem aos tapas. Não tenho muito o que falar dessa relação, somente que ela é fantástica e que eles nasceram um para o outro, mesmo que não saibam disso.

8-Mais que o Verão.

mais-que-o-verao

Ana Hoag sempre achou que morar no Hawaii seria igual aos filmes que costumava assistir quando criança, mas agora, morando na capital do lugar há 10 anos, percebia como estava enganada. Ela tinha certeza absoluta que aquele verão que estava começando seria exatamente igual aos outros nove que viveu, sabia que teria que usar o uniforme horroroso do restaurante do pai, passaria o dia de frente para o mar como fez durante todo o ano e, com muita sorte, sairia para alguma casa noturna com os amigos. Estava cansada disso.

O que ela não esperava era que um tornado, uma boa ação, uma cadela, um campeonato de surfe e uma viagem mudasse toda a mesmice que já estava acostumada. O que não esperava mesmo, era que tudo isso mudasse muito mais que apenas aquele verão.

Aquela história com gostinho de areia e mar. Que te faz querer correr para a praia mais próxima e tentar surfar, mesmo que com aquelas pranchas de isopor. Mais Que o Verão é aquele tipo de história gostosa, que você lê empolgada e torcendo muito para que tudo de certo. Uma história que foca muito na amizade, acima de tudo, e mostra o valor que seus amigos tem para você. Outra história de amor e ódio que te faz querer bater nos personagens porque eles são muito tapados. Essa história está na minha lista de favoritas, porque ela é incrivelmente fantástica.

 

Ainda estou sem meu computador, por isso vai ter poucas postagens… sorry… até breve!

harry-gif

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s